A dinâmica do Espírito


Por Teol. Leônidas Almeida
 
 

 
 

        Até os jovens se cansam e ficam exaustos, e os moços tropeçam e caem; mas aqueles que esperam no Senhor renovam as suas forças. Voam bem alto como águias; correm e não ficam exaustos, andam e não se cansam. Is 40.30-31

 

        Este texto aponta claramente a realidade em que vivemos, pois vida não é fácil, desafios a todo momento, preocupações, tensões, desilusões, encontros e desencontros, lutas e traições, pressões e decepções, expectativas e frustrações. Todos podemos ser vítimas das angústias e desafios da vida, por mais forças que achamos que temos podemos cansar, tropeçar e chegarmos a exaustão e a estagnação.

 

        O profeta Isaías ao mesmo tempo que declara a realidade dura da vida, em meio aos desertos ele mostra um caminho, " Uma voz clama: "No deserto preparem o caminho para o Senhor; façam no deserto um caminho reto para o nosso Deus."Is 40.3. Assim é por este caminho que devemos trilhar, caso contrário estaremos de fato vencidos face aos embates duros da vida.

 

        É surpreendente o verbo utilizado pelo profeta, "esperar", um verbo que sinaliza algo estático, parecido como quem fica parado aguardando algo sobrenatural ocorrer, que possa dar um novo sentido na vida. Porém o verbo aponta a quem devemos esperar, e isto faz toda a diferença, pois quando esperamos no Senhor, este verbo toma uma dimensão dinâmica, isto implica que a fé no Senhor, passa a gerar no filho de Deus uma nova perspectiva de vida, o esperar no Senhor envolve em si mesmo três verbos dinâmicos que lhe dão sustentabilidade: andar, correr e voar.

 

        Quem espera no Senhor anda, passa a se movimentar, por mais que seja a dor, a desilusão e dificuldade é preciso tomar rumo. Gosto durante as minhas caminhadas refletir sobre minha vida, fazer planos, rever planos, tomar decisões, a mente recebe fluxo do oxigênio e passa a trabalhar a partir de novas perspectivas. Gosto da letra de uma música, onde o poeta Cartola, após uma grande tensão, desilusão e luta, provavelmente pela perda de um grande amor, decide que é preciso tomar rumo e não ficar parado, esta decisão é radical e não tem volta, pois assim declara: "Deixa me ir, preciso andar, vou por ai a procurar, rir pra não chorar. Se alguém por mim perguntar, diga que eu só vou voltar, depois que me encontrar"

 

        Quem espera no Senhor também corre. Muitas vezes devemos estar atentos para as portas que abrem em nossas vidas, assim devemos focar nossas atenções e acelerar nossa caminhada para não perdermos o bonde, as vezes decisões importantes precisam ser tomadas a tempo, no momento certo, saiba que o Senhor te dará forças que você surpreenderá consigo mesmo, as vezes precisamos concluir uma graduação para uma vaga que abriu no trabalho, ou quem sabe um novo emprego, não desanime, corra que o Senhor te capacitará e lhe dará a vitória.

 

        Quem espera no Senhor também voa. Este verbo faz toda a diferença, porque andar e correr é algo próprio do humano, pois ninguém nasce com asas. Outro fator importante é que este vôo é semelhante ao da águia, que diferentemente dos pássaros, a águia procura as térmicas, praticamente o esforço de voar é mínimo, um surfe aéreo que desliza pelas térmicas de ar.

 

        É durante o vôo da águia é que o Espírito de Deus, sopra sobre nós o seu poder, pois o vento assopra onde quer, e ouves a sua voz, mas não sabe de onde vem, nem para onde vai; assim é todo aquele que é nascido do Espírito. Jo 3.8. Portanto a dinâmica do Espírito não está presa as rotas e a geografias deste mundo, a dinâmica do Espírito também não é limitada pelo tempo, pois o próprio tempo esta submetido ao tempo de Deus e também não esta sujeita as manipulações humanas. É pelo vôo da águia que as impossibilidades humanas são vencidas, os milagres e maravilhas de Deus são experimentados por nós, os gigantes serão derrubados, por isso não desista e comece a caminhar, correr e voar, numa onda de fluxo e refluxo do Espírito.

 

        Deste modo,  todos os vales serão levantados, todos os montes e colinas serão aplanados; os terrenos acidentados se tornarão planos; as escarpas, serão niveladas. Assim a glória do Senhor será revelada, e, juntos, todos a verão. Pois é o Senhor quem fala. Is 40.4-5
 

 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A DINÂMICA DA FÉ

CUIDADO A INVEJA DESTROI RELAÇÕES

Os sinais da frustração e da neurose.