Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2012

Questões de Família

Imagem
Por Joel Boa Sorte

Talvez você esteja vendo uma nova minissérie bíblica que está passando na TV. É sobre a história belíssima e empolgante do rei Davi. É sensacional ver o rei vencer as batalhas, derrotar os inimigos e possuir a maravilhosa presença do Espírito de Deus. É inspirador ver tal narrativa que acaba por desencadear outras reações. E foi o que eu fiz: voltei a ler novamente os livros de Samuel e reviver cada momento do misterioso rei Davi. E assim, um pouco mais adiante, percebe-se na história de Davi que ele tinha mais de sessenta e tantos anos. Ele luta para colocar um pé na frente do outro. Muitas vezes ele para e pensa. Em outras ele para porque precisa chorar. Essa estrada é a mais longa que ele já tomou. Nada se compara à subida do monte das Oliveiras: “Davi, porém, continuou subindo o monte das Oliveiras, caminhando e chorando, com a cabeça coberta e os pés descalços. E todos os que iam com ele também tinham a cabeça coberta e subiam chorando”. (2 Samuel 15:30). Observe co…

Por uma espiritualidade que busca a essência ao invés da aparência II

Imagem
Por Leônidas Almeida

Recentemente tenho lido alguns textos e frases preconceituosas contra os religiosos ou qualquer tipo de religiosidade, como se tais pessoas pudessem afirmar categoricamente o significado de uma busca autêntica, como se colocassem num patamar superior de espiritualidade, em relação daquilo que qualificam pejorativamente de religiosidade, ou talvez pela simples ignorância do tema ou apenas fazer barulho a fim de atrair pessoas com discursos com aparência de modernidade. Neste sentido cabe a advertência constante em Tiago que pede um espírito de temperança por parte deste tipo de visão exclusivista da fé: "Se alguém entre vós cuida ser religioso, e não refreia a sua língua, antes engana o seu coração, a religião desse é vã." Tiago 1.26
Em geral estas críticas tem ocorrido do próprio meio religioso, como se houvesse um grupo ou determinada comunidade de fé que não fosse religiosa, como se o conceito de religião não estivesse relacionado a um pressuposto existe…

A verdade sobre nossa índole

Imagem
Por Joel Boa Sorte


Todos nós possuímos uma estranha, quase contraditória, combinação de pecado e espírito. Observe:
“Mas eu afirmo: andai pelo Espírito e nunca satisfareis os desejos da carne. Porque a carne luta contra o Espírito, e o Espírito contra a carne. Eles se opõem um ao outro, de modo que não conseguis fazer o que quereis? (Gálatas 5.16-17).
Há pessoas que possuem o Espírito Santo e são chamadas a obedecer – para serem santas. Mas essas mesmas pessoas, que amam a Deus e querem manifestar seu caráter, também têm, em si mesmas, uma natureza pecaminosa embutida.
Essa natureza ou tendência é tão profunda que, mesmo que sejamos novas pessoas em Cristo, ela não é totalmente erradicada. Mesmo quando queremos fazer o que é correto, algumas vezes não fazemos. Queremos santidade, lutamos para obtê-la, mas falhamos.
Ainda possuímos aquela natureza pecaminosa, mas também possuímos o Espírito de Deus para nos conduzir, nos orientar e nos capacitar. Combinação bastante contraditória, não acha?

Sua disposição, e não sua perfeição, irá qualificá-lo para seu alvo

Imagem
Por Joel Boa Sorte


  Abrãao mentiu. Ele disse à sua esposa, Sara: Dize, peço-te, que és minha irmã, para que me vá bem por tua causa, e que viva a minha alma por amor de ti. (Gênesis 12.13). Jacó mentiu. Ele enganou seu pai, Isaque, para assegurar o direito de primogenitura de seu irmão mais velho, Esaú. Sua mãe cooperou com ele. (Gênesis 27.19). Os filhos de Jacó mentiram. O que Jacó fez a seu pai os filhos dele fizeram com ele enganando-o a respeito de José. Moisés foi um assassino, tornando-se fugitivo da lei, por ter matado um egípcio que batia em um trabalhador hebreu. Temeroso, Moisés se escondeu no deserto. Sua vida foi marcada, prejudicada e afastada do lugar em que viveu. (Êxodo 211-15). Sansão visitou prostitutas. Ele sempre ficava vulnerável e fraco na presença de mulheres sedutoras. E foi-se Sansão a Gaza, e viu ali uma mulher prostituta, e entrou a ela (Juízes 16.1). Davi cometeu adultério; depois, para encobrir seu pecado, assassinou o marido de Bate-Seba, Urias. Ele pagou o p…

Conquistar ou Receber?

Imagem
Por Joel Boa Sorte


A descrença tem filhos característicos. Filhos que se sentem mal durante a viagem são cegos para a beleza e deixam escapar o romance da vida com Deus. Filhos que nunca descansam de todo na palma de sua graça. Filhos que vivem podando e ajeitando o esplendor de seu amor. Os sentimentos desses filhos são captados em João 6.27-29. Jesus começa dizendo: “Trabalhai, não pela comida que perece, mas pela comida que permanece para a vida eterna, a qual o Filho do homem vos dará; porque a este o Pai, Deus, o selou”. Ou lutamos pela comida que se estraga ou pela que dura para sempre. A comida que se estraga é qualquer coisa que seja temporária: realizações pessoais (não que isso seja um erro ou pecado), prêmios, aplausos. Qualquer objeto que permaneça no túmulo é comida que se estraga. O alimento que permanece, por sua vez, é qualquer coisa que seja eterna. E como obtemos essa comida? Memorize a promessa: “a comida que permanece para a vida eterna, a qual o Filho do homem vos dar…

A DINÂMICA DA FÉ

Imagem
Por Teol. Leo Almeida


Agora, glória seja dada a Deus, que pelo seu grandioso poder operando em nós é capaz de fazer muito mais do que nós jamais ousaríamos pedir ou mesmo imaginar, infinitamente além de nossas mais sublimes orações, anseios, pensamentos ou esperanças. Ef 3.20

Assim como eu, talvez muitos são provenientes de um lar cristão, parece que o evangelho entra por osmose em nossas vidas, crescemos e mesmo que alguns não estão ligados diretamente a uma determinada Igreja, permanecem inconscientemente dentro de si plantada a semente da palavra, porém muitas destas sementes não produzem frutos ou estão ainda inativas. Quando ouvimos um destes testemunhos de conversões miraculosas ficamos um pouco constrangidos e chegamos a pensar se de fato um dia nos convertemos, apesar de entender com clareza o plano de salvação contido nas Escrituras conforme esta definição Paulina: " Esta Boa Nova nos diz que Deus nos prepara para o céu - e nos faz justos aos olhos de Deus - quando colocam…