Fraco na desgraça


Por Leônidas Almeida



É preciso aprender a invocar o Senhor e não ficar por aí recolhido, sentado ou deitado em algum banco, andar cabisbaixo e cambaleante, torturando e consumindo-te com teus pensamentos, preocupado e pensando em encontrar alguma saída, lamentando tão-somente tua má sorte, o quanto sofres, o quanto és miserável.

Pelo contrário, vamos lá, seu preguiçoso, cai de joelhos, ergue as mãos e os olhos ao céu, ore um salmo ou um Pai-Nosso e apresenta teus problemas a Deus com lágrimas, lamenta, invoca.

Orar, expor os problemas e erguer as mãos são os mais agradáveis sacrifícios para Deus. Ele quer que exponhas diante dele tua preocupação e que não a guardes para ti, te debatas com ela, te amargures ou martirizes. Com isso transformas uma desgraça em duas, em dez, em cem!

Ele deseja que sejas fraco demais para suportar e vencer essa preocupação, a fim de aprendas a tornar-te forte nele e ele seja glorificado em por seu poder.

Assim surgem pessoas que se chamam cristãs. Os demais são meros charlatães, que falam muito de fé e Espírito, no entanto não sabem o que isso significa ou o que eles próprios dizem.

Autor: Martim Lutero

Comentário:

A depressão é um dos grandes males de nosso tempo. O número de vítimas dessa doença cresce a cada ano. São pessoas de todas as faixas etárias, de distintos níveis socioeconômicos, das mais diferentes culturas e religiões.

Entre as razões para o crescimento assustador da depressão, uma diz respeito a nosso modo de vida. Comparado ao passado, diminuíram em muito os laços familiares e sociais. Círculos de amizade são cada vez mais reduzidos. Na hora do aperto, da dificuldade, do medo, da insegurança, com quem conversar?

Não estou entre os que consideram falar com Deus em oração uma panacéia, um substituto de toda a medicina e psicologia.

Mas confio plenamente naquele a quem chamamos Pai nosso quando juntamos as mãos para orar.

Deus ama e sente compaixão também por quem sofre e não tem, ou não sabe, com quem conversar.

Complementando este texto veja: Provação um caminho para vitoria.


Meditação: Salmo 118

"Depois da provação o melhor estar por vir" - Soraya Moraes


Texto Extraído das Meditações de Martim Lutero. Discípulo-Testemunha-Reformador. Ed Sinodal 2007. p.80,

Comentários

  1. É isso que Deus sempre desejou, que o homem esteja intimamente ligado a Ele.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Intimidade com Deus envolve todo nosso SER e toda nossa vida em toda circunstância, o nosso Deus é soberano e nos revela seu cuidado em amor, graça e fé. Por isso Paulo podia dizer: Sei estar abatido, e sei também ter abundância; em toda a maneira, e em todas as coisas estou instruído, tanto a ter fartura, como a ter fome; tanto a ter abundância, como a padecer necessidade. Fl 4.12. O resto é teologia da ilusão conforme afirmou M LUTERO: "Os demais são meros charlatães, que falam muito de fé e Espírito, no entanto não sabem o que isso significa ou o que eles próprios dizem"

      Excluir

Postar um comentário

Seja bem-vindo e faça suas considerações.

Postagens mais visitadas deste blog

A DINÂMICA DA FÉ

Os sinais da frustração e da neurose.

CUIDADO A INVEJA DESTROI RELAÇÕES