A semente e o mistério do crescimento II


Por Leônidas Almeida


        

         A parábola da semente que cresce misteriosamente é somente descrita pelo evangelista Marcos. Ressalta-se o fato que a palavra de Deus operará de si mesma no coração humano fazendo ressoar em todas implicações da vida humana nesta existência. Dadas as condições favoráveis, justamente da mesma maneira em que a terra por si mesma frutifica, do grego automatê, insere esta dimensão incondicionada da ação humana, assim a instrumentalidade humana se limita a duas atividades a saber: o semear e o ceifar. Portanto aqui não cabe barganhas, troca de favores, condicionamento, manipulações humanas, marketing publicitário, etc. Aqui é pura GRAÇA DE DEUS.

       O que ocorre entre as atividades, ora citadas, dependerá única e exclusivamente da vitalidade da semente bem como da interação frutífera entre a semente e a terra.

       Esta visão que tem origem na graça de Deus, que atua livremente no ser humano, onde o discípulo faz o papel de semeador neste campo de sonhos que é o Reino de Deus. Cria-se uma relação de amor entre pai e filho (aba-pai, papai, meu pai), remetendo para um relacionamento de intimidade, onde o Pai confiou apenas uma tarefa ao filho querido: Semear e depois ceifar, aqui é a verdadeira benção de Deus. É sobre as implicações e consequências deste mistério em relação as nossas vidas é que iremos tratar neste vídeo, então vejamos:


"Deus da minha vida", vamos celebrar a colheita com esta linda canção de Thales Roberto.




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A DINÂMICA DA FÉ

Os sinais da frustração e da neurose.

CUIDADO A INVEJA DESTROI RELAÇÕES